O termo “computação nas nuvens” tem sido muito usado ultimamente para definir um novo meio de processamento e armazenamento.

Muitos de nós já ouvimos, mas talvez nem todos saibam ao certo do que se trata esta tecnologia, E você sabe o que computação nas nuvens?
Neste post falaremos mais do que se trata computação nas nuvens e o que há de real no que esta circulando pela rede.

Cloud computing

Dada a evolução da web, acredita-se que no futuro ninguém mais precisará instalar nenhum software em seu computador para desempenhar qualquer tipo de tarefa, desde edição de imagens e vídeos a programas de escritório (Office, OpenOffice), pois tudo isso será acessível através da internet, na verdade já é! editar planilhas e outros arquivos dos tipos office via web já é realidade, bem, mas como isto é possível? Através dos servidores online, que são computadores turbinados, responsáveis por executar todos estes programas sem a necessidade de estarem instalados localmente. Estes são os chamados serviços online, Ou seja, você simplesmente cria uma conta no site, utiliza o aplicativo online e ainda pode salvar todo o trabalho que foi feito em um espaço nas nuvens, podendo acessar depois de qualquer lugar. E é justamente por isso que falamos em “computação nas nuvens”,  pois tudo será feito diretamente nas nuvens.

O Google é uma empresa que acredita muito nisso, e tem  tornando realidade muitas idéias que originam a computação nas nuvens por oferecer uma porção de aplicativos que rodam diretamente em seus servidores, dentre os mais famosos serviços do Google podemos citar:

GMail e Google Talk:

Gmail cloud
Gmail cloud

O GMail em si já pode ser considerado um Outlook online, pois traz uma porção de funções para organizar não só e-mails, mas também os arquivos que são recebidos junto com ele. Também possui filtros de mensagens e incorpora o seu mensageiro oficial, chamado Google Talk, diretamente na tela do navegador.

 Google Maps:

Google maps
Google maps

É o parente mais próximo e simples do Google Earth. Através dele você também pode navegar para qualquer lugar do mundo, bastando você digitar uma referência. Fornecidos os dados do local, o Google Maps dispões de diversos trajetos para que o usuário chegue ao seu destino, alem disso incorpora muitas funções de interatividade, como locais próximos, pontos turísticos dentre outros, o Google Maps é realmente muito completo e útil no dia-dia.

O Google Maps reforça a ideia de computação nas nuvens por diferenciar-se do Google Earth e outros similares no ambiente em que funciona, enquanto um precisa ser instalado, o outro dispensa esta tarefa, rodando diretamente no navegador, dando a liberdade de acesso em qualquer lugar.

 

Google Docs:

Google docs
Google docs

Com uma porção de ferramentas no estilo Office, com o Google Docs você pode acessar um ótimo processador de textos (como o Word), uma excelente ferramenta para planilhas (como o Excel) e até mesmo criar e visualizar apresentações de slides como no PowerPoint, a diferença é que, não se faz necessário você instalar nenhum dos programas do pacote office da Microsoft, que a proposito, também dispões destes editores online gratuitos para seus usuários.

 

Armazenamento

Cloud storages
Cloud storages, serviços oferecidos pela google, microsoft e dropbox(os mais famosos)

Atualmente serviços de armazenamento tem feito muito sucesso na rede, a ideia é básica, você copia seus arquivos para um dos serviços disponíveis(One drive, Google drive ou Dropbox) e pode acessar em qualquer lugar, seja por computador, tablet ou celular. A grande vantagem do armazenamento nas nuvens é a segurança e a integração, imagine você começar uma planilha em casa e finalizar ela pelo celular, assim é com tudo, fotos, musicas, textos e planilhas, nada mais sera perdido se for para as nuvens, inclusive as configurações e fotos que estavam naquele Smartphone que você perdeu.

Quem esta na frente.

Adivinhem quem está na frente de pesquisas sobre o assunto? O Google, que já pesquisa informações sobre este novo assunto, e ao que tudo indica será o promissor deste termo. Com grande capacidade de investimentos em visão ao usuário, o Google deverá ser o pioneiro a lançar serviços e utilitários na internet nos próximos anos. Com sua grande experiência em se tratando de usuário o Google já disponibiliza de alguns serviços interessantes como: depósito de vídeos (YouTube), gerenciador de documentos (Google Docs.), agenda de compromissos (Google Calendar), serviço campeão de e-mails (Gmail), serviço de mapas (Google Maps), Blogs (Blogger), e o Google drive, serviço de armazenamento online, entre outros serviços.

Vantagens e desvantagens

 

Graças a ideia de juntar aplicativos e arquivos em servidores, vamos ter muitas vantagens com relação a gasto e segurança com  computadores e arquivos, vamos as vantagens:

Acesso 

O acesso a internet poderá ser feito praticamente de qualquer lugar, seja  por aparelhos de celular, ou notebooks ou centros de acesso que serão espalhados em todos os cantos do mundo , O fato é que a facilidade de acesso será o alvo, ou seja, sem portabilidade, sem nuvens.

Preço das maquinas

Quase tudo ficara por conta do servidor, então o custo das maquinas será  muito baixo, cabe ao Usuário apenas maquinas para acessar.

Libertados do sistema operacional

Ainda não! Mas é provável que tenhamos um sistema inteiramente online, que reuniu todas as funções que temos no desktop, isso pode ser uma “mão na roda” já que não vamos precisar sofrer para resolver panes como é de costume, e nem vamos ter de pagar por um sistema operacional.

Custo de internet

A internet terá um custo muito reduzido, isso, se não se torna gratuita, pois é mais lucro dar internet e ganhar acessos do que vender o serviço, lógico que isto ainda não esta definido, é uma realidade longe, mas a ideia é igual a da televisão, quem fornece o canal provera acesso gratuito a fim de não ficar jogado de lado. Imagine você se a Globo cobrasse pelo seu sinal!

Falamos das vantagens que são até boas, mas por outro lado às desvantagens é o que nos faz crer que as nuvens estão muito longe ainda, vamos a elas:

Roubos

Sim, a facilidade de se apropriar de dados alheios será maior, as pessoas nem sempre são espertas o bastante para garantirem sua própria segurança online.

Um Hacker pode facilmente obter dados sigilosos ou alterar dados em um sistema, obter senhas e extraviar dinheiro, se aproveitar de falhas dos sistemas e derrubar toda uma rede, hoje isto já acontece, e futuramente acontecerá.

Perda de dados:

A perda de dados é e será uma das maiores preocupações, pois se o servidor der problemas pode comprometer todos os dados existentes nele, e é ai que  fica difícil manter todos os seus dados em um servidor sem risco.

Custo de aparelhagem

Ter um servidor capaz de substituir todos os desktop ainda é algo longe da capacidade da Intel e da AMD(principais fabricantes de cpu), creio que até mesmo da NASA, e se isto fosse possível estas empresas estariam fadadas a prejuízos, pois, no mundo onde isto não é necessário o que elas venderam?  Então é fato que para algumas empresas de forte influência no mercado mundial, essa ideia não parece boa. Para os mais inteirados é óbvio que a Microsoft já poderia ter lançado um sistema online, mas falta suporte de processamento e condição de lucro para a empresa com a ideia. No entanto ter uma suporte deste será algo tão caro, e até então impensável.

[review]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *